+55 (11) 2078-4221

Só 8% das empresas latino-americanas não usam cloud

09

jan, 17

Só 8% das empresas latino-americanas não usam cloud

Digital MarketingEstudo da Frost & Sullivan revela que companhias da região aprofundam o uso do modelo e passam a levar aplicações críticas para a nuvem

Cloud computing se tornou uma realidade inegável na América Latina. Segundo um levantamento recente da Frost & Sullivan, feito com mais de 500 executivos da região, apenas 8% das companhias latino-americanas não utilizam sequer um serviço de nuvem.

A constatação reforça a visão do Gartner, que projetou que, até 2020, uma empresa que não utiliza nenhum recurso em nuvem será algo tão raro quanto um negócio sem conexão à internet nos dias de hoje.

Em menos cinco anos, cloud deixou de ser uma tendência disruptiva para se transformar em uma força que permite a organizações viabilizarem negócios em um mundo cada vez mais digital.

A possibilidade de consumir recursos de TI de forma escalável e no modelo “pague pelo que usar” capturou a atenção de diversas companhias, que buscam cortar custos e ganhar eficiência.

Segundo a pesquisa da Frost & Sullivan, entre os fatores que impulsionam a nuvem na América Latina, destacam-se a facilidade de uso, a capacidade de endereçar desafios contínuos do negócio, redução no custo total de propriedade, agilidade e flexibilidade para atender demandas de mercado e o modelo de pagamento.

Cloud não é apenas a plataforma que permite o surgimento de novos negócios, mas também a tecnologia que nivelou o acesso a aplicações e infraestrutura que antes apenas as grandes corporações podiam pagar — aumentando assim as chances de empresas menores e startups de inovarem e entrarem na competição.

A consultoria nota uma tendência de intensificação no uso de recursos em nuvem. Dessa forma, as empresas tendem a iniciar sua jornada por aplicações consideradas “mais simples” (como mensageria, com o Office 365) e infraestrutura (com ferramentas como o Azure ou SoftLayer) para aprofundarem-se e adotarem sistemas mais críticos.

A partir daí, as companhias começam sua migração de um contexto de “cloud enabled” para o “cloud native”, ou seja, trocam investimentos pontuais no modelo para criarem uma abordagem onde o conceito é a premissa fundamental em sua estratégia digital de longo prazo.

Quer potencializar negócios com soluções cloud? Saiba que temos uma série de ferramentas e ofertas para ajudá-lo nessa jornada. Para saber mais, entre em contato conosco.

COLOR SCHEME Unlimited color options are avaliable via Options Panel.